Erasmus+

3. Mobilidade na formação e educação profissional

A mobilidade internacional pode ajudar os jovens em formação e educação profissional a reunir as competências necessárias para o competitivo mercado de emprego dos nossos dias.

Os alunos, formandos e aprendizes nos últimos anos do ensino secundário em escolas de formação profissional podem realizar a formação ou aprendizagem no estrangeiro, no seio de uma empresa, de um local de trabalho (por exemplo, uma ONG ou uma organização pública) ou de uma escola profissional, com um período de aprendizagem em contexto laborai numa empresa. As formações podem durar entre duas semanas e um ano.

Os recém-formados de escolas ou empresas de formação e educação profissional (ou seja, antigos aprendizes) também podem participar numa atividade de mobilidade. Os recém-formados têm de realizar o estágio no estrangeiro no prazo de um ano após a sua qualificação.

Sem dúvida que a minha experiência de mobilidade ajudou a dar um empurrão à minha carreira. Sem ela, não teria tido a confiança necessária para me candidatar à competição de «Jovem chefe do ano», quanto mais ganhá-la. Recomendo vivamente a toda a gente. A minha viagem a França foi, e continua a ser, uma das minhas melhores memórias.

Deborah (Reino Unido), sobre a sua experiência num estágio de trabalho em Lyon, França.


Como saber mais?

http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus

Como me candidatar?

Se estiver interessadoem candidatar-se, deve dirigir-se à sua instituição de formação ou educação profissional.


© European Union, 2014


Study in Poland

Study in Malaysia