Estudos na Europa

miniatura University of Bath - campus lake scene
miniatura Arts University Bournemouth campus, library & MoDiP
miniatura Part of the 'Faculdade de Letras' building of the University of Porto, Portugal (May 2008).
5. Investir nas línguas
Algumas pessoas aprendem uma língua por motivos essencialmente práticos. Angel, especialista informático búlgaro que vive na Bélgica, explica: «Aprendi francês por motivos estritamente profissionais e para poder comunicar com os habitantes do país onde vivo».
4. Mobilidade de jovens
Os intercâmbios de jovens ajudam estes a adquirirem compe­tências importantes, como a gestão de projetos e o trabalho de equipa. Estas oportunidades fora do ambiente escolar permitem aos grupos de jovens a participação num programa estruturado de atividades (por exemplo, um misto de «workshops», exercícios, debates e simulações) noutro país dentro ou fora da UE durante um período de até 21 dias.
A EURES, a rede europeia de emprego
A EURES, a rede europeia de emprego, presta serviços de promoção da correspondência entre a oferta e a procura de emprego e de recrutamento, em todos os países do Espaço Económico Europeu (EEE) e na Suíça. Auxilia as pessoas que procuram trabalho ou que pretendem mudar de emprego a deslocarem-se para onde há postos de trabalho vagos e põe ao dispor dos empregadores um contingente mais vasto de candidatos com as competências de que eles necessitam para desenvolverem as suas empresas. Todos os serviços prestados pela EURES aos candidatos a emprego e os trabalhadores são gratuitos.

Study in Malaysia
Berjaya_220.jpg

Study in Poland
Privacy Policy